Royal Enfield Royal Enfield Royal Enfield Royal Enfield Royal Enfield

Nota

Utilizamos nossos próprios cookies para o uso do site, personalizamos conteúdo e anúncios e realizamos análises de nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso do nosso site com parceiros de análise que podem combiná-lo com outras informações que você forneceu a eles ou que eles coletaram com o uso dos serviços deles. Se você quiser saber mais sobre cookies e desativar, clique no botão Política de Privacidade e Cookies. Se você optar por não concordar com o uso de cookies, todos os recursos do site poderão não funcionar como pretendido.

1891
1891

1891

R.W. Smith e Albert Eadie adquirem a Townsend Cycle Company em Redditch, Inglaterra. Pouco depois, começam a fornecer peças para maquinaria de precisão à fábrica de armamento Royal Small Arms em Enfield, Middlesex. O nome da empresa muda então para Enfield Manufacturing Company Limited.

1893
1893

1893

A Enfield Manufacturing Ltd. converte-se em Royal Enfield – o 'Royal’ é retirado de Royal Small Arms Factory. Nasce o lema “Made like a Gun” (fabricada como uma arma).

1898
1898

1898

R.W. Smith desenha o protótipo de um veículo motorizado, assente numa bicicleta de quatro rodas conhecida como quadriciclo. Estava equipado com um motor De Dion de 1 ½ CV.

1900
1900

1900

A Royal Enfield inicia-se no mundo da competição quando um dos seus quadriciclos participa no “1000 Miles Trial”. O evento ajuda a persuadir o público inglês acerca da viabilidade do transporte motorizado.

1901
1901

1901

É fabricada a primeira moto Royal Enfield, desenhada por R.W. Smith e pelo francês Jules Gotiet, com um motor Minerva de 1,5 cv montado à frente da coluna de direção e uma longa correia de couro a fazer a transmissão à roda traseira.

1914
1914

1914

A primeira moto com motor a dois tempos da Royal Enfield entra em plena produção. À medida que a Inglaterra se envolve na I Guerra Mundial, toda a restante gama de motos deixa de ser produzida, exceto as que equipam este motor e a maior moto da marca, a 770 cc de 6 cv com motor v-twin JAP.

1924
1924

1924

O desenvolvimento contínuo resulta numa gama de oito modelos, incluindo o lançamento da Sports Model 351, a primeira Royal Enfield a 4 tempos, com um motor JAP 350 cc OHV e seletor de mudanças operado pelo pé. Também surge a “Ladies Model”, uma 225 cc a 2T.

1928
1928

1928

A Royal Enfield adota os mais modernos depósitos de combustível em junção com o assento, em lugar dos ultrapassados depósitos planos. Foi também dos primeiros fabricantes a trocar as forquilhas tipo Druid para as forquilhas tipo Girder de mola central.

1930
1930

1930

No início da década de 1930 a Royal Enfield conta com uma diversificada gama de onze modelos, desde a Model A 225 cc a 2T, à V-twin Model K de 976 cc. Na gama média são produzidas as novas 350 cc de válvulas laterais e 500 cc OHV, com cárter seco.

1932
1932

1932

Nasce a lendária "Bullet". É dada a conhecer pela primeira vez em novembro de 1932 no importante Earls Court Motorcycle Show, em Londres. Existem três versões disponíveis: 250, 350 e 500 cc, todas com o motor 'sloper', inclinado para a frente, seletor de mudanças operado com o pé e pistões de alta compressão.

1936
1936

1936

A Bullet 500 é radicalmente alterada com o lançamento de uma nova versão desportiva, a Model JF, que contava já com uma cabeça de 4 válvulas.

1939-1945
1939-1945

1939-1945

A Royal Enfield produz um grande número de motos e bicicletas para o esforço militar britânico na 2ª Guerra Mundial. O mais icónico dos modelos militares é a 125 cc que passou a ser conhecida como "Flying Flea". Esta 125 cc a 2T era montada numa estrutura especial para ser lançada de para-quedas e usada para a mobilidade rápida das divisões aerotransportadas atrás das linhas inimigas.

1948
1948

1948

O protótipo da nova Bullet 350 cc, com um radical e inovador sistema de braço oscilante na suspensão traseira, é dado a conhecer no Colmore Cup Trial em março de 1948. Nesse ano, duas Bullet formam parte da vitoriosa equipa britânica que alinhou nos ISDT (International Six Days Trials), que tiveram lugar em Itália, com os seus pilotos a conquistarem medalhas de ouro.

1949
1949

1949

As novas Bullet 350 e 500 são lançadas no Reino Unido. Ambas as motos partilham o mesmo quadro, braço oscilante, forquilha telescópica e caixa de velocidades. Nesse mesmo ano, o empresário K.R. Sundaram Iyer funda a Madras Motors, empresa que iria importar motos inglesas para a Índia. A par das Royal Enfield, vendia também Norton e Matchless.

1952
1952

1952

A Madras Motors recebe uma encomenda do exército indiano de 800 unidades de Royal Enfield Bullet 350. As motos chegam de Redditch no início de 1953 e demonstram ser um grande sucesso, provando-se resistentes e de fácil manutenção. No mesmo ano, Johnny Brittain vence os prestigiados Scottish Six Days Trial na sua "HNP 331".

1955
1955

1955

A marca de Redditch associa-se com a Madras Motors para fundar a Enfield India. Os trabalhos têm início com a construção de uma fábrica em Tiruvottiyur, perto de Madras (hoje, Chennai).

1956
1956

1956

É inaugurada a fábrica de Thiruvotriyur e as Bullet começam a ser produzidas sob licença. As primeiras unidades são fabricadas com peças provenientes de Inglaterra e montadas em Madras. No final desse ano foram fabricadas um total de 163 Bullet.

1957
1957

1957

Johnny Brittain vence os Scottish Six Days Trial pela segunda vez com a sua Bullet, terminando também no topo o Campeonato Britânico de Trial. Nesse ano é lançada a Crusader 250 cc em Inglaterra. Produzindo 13 cv, conta com um motor com caixa integrada no bloco e parte elétrica com alternador e bobina de ignição.

1964
1964

1964

A emblemática café racer Continental GT foi apresentada numa ação de grande impacto, quando uma equipa de fotojornalistas viaja desde John O’Groats a Land’s End (extremo NE da Escócia ao extremo SW de Inglaterra) em menos de 24 horas, com 7 voltas ao traçado de Silverstone pelo meio. A GT caracterizava-se por contar com um depósito desportivo, avanços, poisa-pés recuados, assento “racing” e conta-rotações.

1967
1967

1967

Com apenas dois modelos disponíveis no início do ano (a Continental GT de 250 cc e a Interceptor de 736 cc), a fábrica da Royal Enfield em Redditch encerra as suas portas. A produção da Interceptor continua nas instalações subterrâneas da Enfield em Bradford on Avon.

1977
1977

1977

A Royal Enfield India começa a exportar a Bullet 350 para o Reino Unido e para o resto da Europa. As vendas crescem rapidamente, à medida que o modelo ganha uma legião de seguidores entre os entusiastas das motos britânicas clássicas.

1989
1989

1989

Estreia-se a nova Bullet de 500 cc e 24 cv. Este modelo é destinado principalmente aos mercados de exportação, onde está disponível nas versões Classic, Deluxe e Superstar, tal como a 350 cc.

1993
1993

1993

A Enfield India fabrica a primeira e única moto com motor a gasóleo produzida em série. Conhecida como Enfield Diesel, faz uso de um motor de 325 cc altamente eficiente a nível de consumo, instalado no chassis da Bullet convencional.

1994
1994

1994

O Eicher Group adquire a Enfield India Limited. A empresa altera a sua designação para Royal Enfield Motors Limited.

1997
1997

1997

Quarenta motos Royal Enfield cruzam o Khardung La, a passagem de montanha mais alta do Mundo, estabelecendo um precedente para rotas épicas num dos terrenos mais difíceis do planeta.

1999
1999

1999

Recorrendo ao talento dos especialistas austríacos da AVL, a produção de um revisto motor em alumínio para a Bullet 350, conhecido como o A350, arranca na nova fábrica perto de Jaipur, Rajasthan.

2001
2001

2001

Os Daredevils, uma equipa de exibição de um Destacamento de Comunicações do Exército Indiano, em Jabalpur, formam uma pirâmide de 201 homens assentes em 10 motos Royal Enfield 350 cc, percorrendo 129 metros, novo recorde do Guinness.

2002
2002

2002

A elegante cruiser Thunderbird é lançada na Índia, sendo equipada com a primeira caixa de cinco velocidades numa Royal Enfield desde 1965 em Redditch. Também em 2002, mais de um milhar de motos Royal Enfield ruma a Redditch, para participarem no evento “Redditch Revisited” do Royal Enfield Owners Club.

2004
2004

2004

Passa a ser comercializada a Electra X, uma Bullet de exportação que recebe a versão de 500 cc do motor totalmente em alumínio que tinha sido estreado na Bullet 350.

2005
2005

2005

A Royal Enfield comemora o 50º aniversário da empresa na Índia.

2008
2008

2008

A Thunderbird Twinspark é lançada na Índia com o novo motor UCE (Unit Construction Engine). A Royal Enfield começa a exportar a Classic, a primeira moto de 500 cc com injeção eletrónica de combustível e homologação Euro 3, para os mercados europeus.

2009
2009

2009

O motor 500 UCE é lançado na Índia. A Classic, de estilo retro, ganha um estatuto de culto e as vendas crescem rapidamente.

2011
2011

2011

A marca lança o seu primeiro ‘One Ride’, no qual os proprietários de Royal Enfield em todo o Mundo são encorajados a fazer um passeio no primeiro domingo de abril. A empresa adquire um terreno em Oragadam, perto de Chennai, para a sua nova fábrica. Uma viagem organizada pela marca cruza a fronteira no decorrer do “Tour do Nepal”.

2012
2012

2012

A Royal Enfield lança a sua primeira cruiser de média cilindrada, a totalmente negra Thunderbird 500. Os trabalhos na nova fábrica de Oragadam continuam em bom ritmo, enquanto a unidade de Tiruvottiyur estabelece novos recordes de produção.

2013
2013

2013

A Royal Enfield começa a produzir na sua segunda fábrica em Oragadam, Tamil Nadu. Com uma capacidade melhorada, esta fábrica de topo será o núcleo das ambições globais da empresa para o futuro.

2013
2013

2013

Quarenta e oito anos após ter desenvolvido a primeira café racer de produção do Mundo, a Royal Enfield lança a totalmente nova Continental GT. Rockers, críticos e motociclistas em geral concordam que é das motos mais divertidas em que rodaram.

2014
2014

2014

A Royal Enfield introduz uma nova experiência no comércio com a inauguração da sua primeira loja exclusiva de equipamento em Khan Market, Nova Deli.

2015
2015

2015

A Royal Enfield adquire a sua antiga colaboradora Harris Performance no Reino Unido, uma conhecida empresa de engenharia e design de motos, para incrementar as suas capacidades de desenvolvimento de produtos.

2015
2015

2015

A Royal Enfield abre a sua primeira subsidiária de distribuição direta fora da Índia, na América do Norte. O quartel-general norte-americano da Royal Enfield situa-se nos Estados Unidos em Milwaukee, Wisconsin.

2016
2016

2016

Estreia-se a nova Royal Enfield Himalayan. Com um motor totalmente novo, o LS410, e suspensão preparadas para o todo-o-terreno, promete a viagem de uma vida em todas as estradas… ou mesmo quando estas não existem.

2017
2017

2017

A Royal Enfield estreia o seu novo e totalmente operacional Centro de Tecnologia em Inglaterra, em Bruntingthorpe Proving Ground, Leicester.

2017
2017

2017

Começa a produzir-se na terceira fábrica da Royal Enfield, em Vallam, perto de Chennai.

2017
2017

2017

A Royal Enfield revela “The Twins” no Salão EICMA, em Milão, e no Rider Mania em Goa, Índia.